Textos

UNHA RASGADA

Um pedaço de unha
Cai no chão imundo.
Outro pedaço que se junta
Mesmo sabendo que isso vicia, vicia.
Lixo, lixo ao cair no chão
Misturado a saliva gosmenta
Ao sangue que do canto da unha sai
Na lingua umedecida e a dor
Num prazer-nervoso
Pela espera de um gol,
Gol que demora a sair
E nessa longa espera vai ficando
Pedaços de unha no chão.
Derrepente...
Gooolll...
A alegria voltou
E no dedo ficou só a dor.

(http://afonsoecris.ubbihp.com.br)
(http://massajovem.zip.net)
Painho
Enviado por Painho em 29/12/2006
Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.